sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Morreste fora de mim

É difícil olhar tuas fotos e ver o teu sorriso amarelo e tua cara descuidada, te achava o mais lindo dos homens, amava te olhar dormir... O teu sorriso!!!
Ahhhhhhh aquele sorriso branco e puro de menino descobrindo a vida, sabe que foi por ele o meu primeiro encanto.
Te vejo com barba por fazer e o cabelo ainda mais grenho, deve ser da mania de fazer cachos, tua pele queimada, teus olhos arregalados e estranhos ( não sei explicar o que vejo), tudo em você parece outra pessoa.
És outro homem, não reconheço mais nada daquele que amo, daquele que guardo um enorme carinho, definitivamente não és o homem das minhas recordações..
Morreu eu sei, morreu o sorriso que era feliz ao meu lado, morreu a vivacidade de jovem homem, morreram os sonhos e é por isso que morreu também uma parte de mim.

domingo, 1 de novembro de 2015

Eu sentido tudo com muita intensidade, estou vivendo na ânsia de querer...
Tem me feito mal
O desejo de sentir e não receber o mesmo em troca me faz desacreditar no amor.
Vejo as pessoas " trocando" de amor com tamanha facilidade e me pergunto se é tão fácil assim amar alguém, viver um relacionamento à dois e logo depois trocar o " objeto" amado.
Não estou pronta pra viver um novo amor

quinta-feira, 20 de março de 2014

Quando eu era mais criança
Daquelas que chega aos 12,14 talvez
E pensa... na vida só se amava uma vez
Me apaixonei perdidamente, amei de forma intensa aquele menino
Um que um dia sei lá me beijou...
E toda vez que deitava na cama
Levava as mãos sobre a boca
E pensava no pra sempre daquele beijo...
Até que um dia deitei na cama e simplesmente dormi
Depois disso?
Eu me apaixonei de novo e de novo e novamente...

Intensa e perdidamente

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

guerra de alma.

AS PALAVRAS FEREM, CORTAM COMO LAMINAS AFIADAS E FAZEM ESCORRER GOTAS SOBREPOSTAS DE SANGUE.
AS PALAVRAS FEREM E FAZEM TODA UMA LUTA REGREDIR.
AS PALAVRAS FEREM E FAZEM EU ME AFASTAR DE VOCÊ.
ME TORNEI SUA MAIOR INIMIGA.
AS PALAVRAS FEREM E A RAIVA ESMAGA NOSSO AMOR.
AS PALAVRAS FEREM E A FALTA DE RESPEITO CAVA UMA VALA ENTRE NÓS.
AS PALAVRAS FEREM JOGANDO O QUE RESTA DO NOS NUMA COVA FUNDA SEPARADAMENTE.
EU ISOLADA NO ESCURO QUE ME CERCA.
VOCÊ CRIANDO OUTRO MUNDO SÓ SEU.

Só não sei o quanto é válido tentarmos, estamos tão machucados que qualquer espinho fere como uma adaga rasgando nossos órgãos vitais, os pedaços do que fomos expostos sobre a mesa, servidos como banquete para nossa solidão.
não adianta, decididamente não quero tentar, não quero perder o que resta de mim,
prefiro ficar deitada com óleos sobre meu corpo, descansando minha alma, esperando que o tempo cure e eu posso novamente levantar e ver a luz do dia, não por uma fresta, mas olhar a imensidão do céu.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Me sinto perdida diante da imensidão das palavra


Hoje depois de muito tempo retorno á minha dor.
não tenho ideia de como será minha vida, mas também não sei explicar como estou a senti-lá,
por muitas vezes pensei em seguir um outro caminho,deixando pelo chão, assim na beira da calçada cada bom pedacinho que construí ao teu lado, sabe, como aquelas de filme em que você joga os farelos de pão pra saber o caminho de voltar?
Mas é que o medo me corrói, tanto em partir quanto em permanecer, as horas são torturantes, passam como se fossem séculos, passeando na minha mente, horas que se vão e deixam a dor de não ter feito nada.
beijar tua boca nunca será uma dor, mas doí quando te beijo e não sinto a mesma chama, talvez pelos últimos fatos ocorridos.
você não tem ideia das dores que estão no meu coração, não tem ideia de quanto me maltrata suas provocações, suas ações.
o que são palavras de amor?
o que são os gestos?
só não fui porque te amo, te amo como nunca imaginei amar alguém, assim mesmo daquele jeito bem clichê, tipo filminhos de final feliz.
e não suporto ver dor em você, as vezes escondo muitos dos meus sentimentos para não te fazer sofrer.
te conheci a quase 3 anos, e foram os anos mais intensos da minha vida, descobri um sentimento único, de uma forma muito mais intensa do que já havia sentido, conheci as coisas do dia a dia ao lado de alguém, dividir uma cama, um lar, uma vida, ao teu lado foi que aprendi o que era ser uma mulher.
e agradeço por cada dia, pelas vezes que se preocupou comigo, com minhas doencinhas, por cada anticoncepcional dado na boca, pelas pequenas lembranças, um bom dia extremamente carinhoso, e muitas outras coisas agradáveis.
quero voltar a te amar como antes, sem ciumes em demasia, sem as brigas diárias  sem os medos que me torturam todas as horas.
o que eu faço?
sei de uma coisa, amo você.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Grande dia?

Pq me sinto tão triste???
 hj é um dia em que eu deveria estar radiante, pulando de alegria...
mas não estou.
Parabéns para mim
nesta data ..... muitas felicidades , muitos anos de vida...

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

calada


Eu falo mais calada
Quando nas noites te olho ao dormir
Tens o rosto mais lindo que já vi
Não é perfeito
Talvez seja por isso que te observo
Enquanto dormes quieto
Passo meus dedos levemente pela linha do seu rosto
Toco suas mãos
Seguro-as firme
E nem percebes
Pois dormes quieto
Muito quieto
E eu te falo calada todas às noites
que...
TE AMO.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

carta de amor....


Renato


Obrigada meu amor...

Conhecer-te foi um lindo presente de Deus, não posso afirmar que foi no momento em que eu mais esperava, mas foi no momento exato pra me fazer feliz, é incrível como uma pessoa em tão pouco tempo consegue fazer parte do meu ser. É como mágica, é como destino, é algo que realmente teria que acontecer.

Ter você ao meu lado é saber que tenho alguém que vai me abraçar forte, que fará das minhas alegrias as suas, e das minhas lágrimas irá conhecer o porquê, e da mesma forma eu quero ser. Uma reciprocidade continua.

Um mês... E já te conheço por uma vida.

É um privilegio ter você como namorado, um homem que sempre me coloca como a mais bela das mulheres, que faz com que eu me sinta importante, e principalmente Amada.

Não! Não me sinto precipitada ao dizer que quero compartilhar os últimos dias da minha vida ao teu lado, e construir um caminho regado de amor e felicidade, realizações...

O calor do teu abraço me aquece, tua alma me chama.

É incrível a atração que sinto por você, não falo apenas fisicamente, falo de algo mais forte, que vem de dentro do peito, de dentro da alma. Do centro das emoções, do intimo do coração de Deus.

TE AMO...

Cada momento que passamos juntos só vem firmar esse sentimento, as horas que passamos ouvindo o outro a distancia e ao mesmo tempo tão próximo, conhecer-te cada vez mais, saber o que se passa na tua mente, no teu coração.

Eu te amo muito mais do que eu sonhei, muito mais do que eu poderia imaginar...

Meu pensamento é todo seu, assim como minhas emoções...

Quando você cruzou o meu caminho e mudou a direção dos meus planos e dos meus sonhos, com uma leve brisa de amor e paixão.

Foi tão bom te conhecer e a poesia acontecer, um momento sublime do amor...

Mesmo que falar seja tão pouco, quero dizer que você nasceu pra mim, e nossas vidas se tornaram uma sendo duas, nosso amor é bem maior do que sonhei...

Entrou em minha vida, me fez sentir algo que eu jamais senti, quando percebi você já era tudo o que eu mais queria, te esperei tanto nos meus mais doces sonhos, e hoje é a realidade mais linda que já me aconteceu.

Regou meu coração que estava seco, fez nascer à esperança de um futuro ao teu lado, me fez segura, me perder em teu olhar é como dormir num leito quente e confortável.

A Dama e o Vagabundo... Naquele momento estava nascendo uma linda historia de amor, quero te amar, te entender, sempre estar junto de você, e mesmo que venham lutas juntos vamos tudo superar.

Pois capturaste o meu coração com um só dos teus sorrisos...







Camila Ingrid

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

estranhamente, enchendo balões...

Me estranhei por não sentir a repulsa natural que me causa esse tipo de intimidade,

E ao contrario, me senti feliz ao ver seu recado, ao ver que de alguma forma eu permanecia nos teus pensamentos, é tudo novo, realmente novo.

Agora estou enchendo meus balões coloridos, pra soltar no quarto e ficar olhando antes de dormir, todas as cores, o infinito...

Fios amarrados, para que eu possa escolher a cor da noite e puxar pra perto do meu corpo, dormir agarrada ao azul, amanhã ao brilhante alaranjado...

Mas todas as noites querendo está ao teu lado.

É cedo, mas é bom pensar em você antes que o sono me encontre. E te encontrar num sonho, num pequeno e curto sonho no meio da noite, entre as mudanças de fase.

Não estou com medo, mas comecei a sentir, foi breve, quase um segundo em que a lagrima chegou aos meus olhos, senti meu coração pulsar forte e frio, agora bate apenas forte...

quarta-feira, 28 de julho de 2010

tic tac

"As horas torturam-me 
escuto o tilintar do relógio
com o coração aos pulos
e o sorriso forçado nos lábios
já é tarde 
ele dizia enquanto se levantava do sofá
é cedo
exclamava e pedia sempre pra ficar"


Mas o tempo que forçou as horas a correr mais depressa
os ponteiros a voar no circulo com a velocidade de um foguete
me mostra que o Ele
mesmo com toda a sua esperteza 
não tirou de mim o amor
esse amor que guardo desde a infância  
em duas ou três vidas passadas.



Gente vou ficar um pouco longe do blog e da net no geral.
um beijo grande 
até breve.

"Sabe, hoje eu me sinto bem carente, normal até certo ponto que eu me sinta assim, é um vazio que vive dentro de mim, uma coisa estranha que nem mesmo eu consigo definir, é uma saudade de algo/alguém que eu nem sei se existe na minha vida, uma lembrança irreal de momentos, sinto que estou perdendo um pouco da minha sanidade, sou composta de risos e lágrimas em uma mesma face marcada por tentativas frustradas, de paixões fracassadas, amores incompreendidos...
tem dias que me julgo com tanta severidade, e aponto o dedo gritando meus erros, pra ver se assim paro de cometer tantos, não! não é apenas uma escrita, é um desabafo mesmo, cometo tantos erros pra encontrar o amor, que sempre acabo dando muito mais d
que recebo, o vazio aumenta cada vez mais, e me pergunto quando?
quando hei de encontrar alguém que faça meu coração se alegrar, transmitir alegria, pulos, cambalhotas, alguém que seja a imperfeição adorável, que eu possa dar e receber na medida certa, sem trauma, sem medo, sem prejuízo tão voraz.
tem dias que penso que não fui feita pra amar, muito menos pra ser amada, tem dias em que a minha unica vontade é padecer na cama, sonhando...
apenas sonhando, o mundo real é tão triste pra mim. é tudo tão imenso, e eu sempre tão pequena no meio de tudo, quantas vezes eu falei que só me arrependo das coisas que não fiz, MENTIRA! pois sofro todas as noites quando a culpa me faz lembrar do passado cheio de "tapa buracos" que só fizeram aumentar minha dor, quando a consciência mostra as coisas que eu não deveria ter feito, pois elas só me fizeram cair no chão frio e vazio, sem amor, sem carinho, sem nada. apenas a noite e o meu corpo congelando"

domingo, 25 de julho de 2010

eu te amo

Eu amo alguém 
eu sei que amo
só não sei quem!


e fico com isso na cabeça o tempo todo
quando olho pro céu tão azul 
ou pra alguma coisa que eu queria te dar
quando chega o sábado a noite 
ou quando olho pro telefone e espero ele tocar
e nada acontece
mas eu sei que te amo
só falta descobrir quem é você!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

tem dias que a noite é "foda"

 
A cama é imensa sem você

O teu canto favorito é onde durmo


Pra tentar sentir o teu cheiro

Sentir-me mais próxima de você


Fico horas ouvindo a mesma musica

Esperando que em algum momento a porta se abra

E você continue a cantar a canção pra mim


Abraçando-me


seu corpo quente junto ao meu em forma de 

concha.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

sonhar

Sabe
naquela noite eu sonhei com você, pra ser sincera sonho todas as noites.
Mas não, eu não quero
Abro os olhos com tanta dor
E tento arrancar da minha mente a sua imagem
E do meu coração todo esse amor
Você até me chamou de covarde, por não querer viver.
Mas é que eu te conheço tão bem
Talvez melhor do que á mim
Eu sei que pra você eu
Não sou alguém que consiga despertar o seu amor
Não quero viver um caso bandido
Apenas migalhas
Quero amor pra vida inteira
Pra percorrer qualquer caminho
E em todas as estradas
Não!
Não!
Não quero mais sonhar com você
Por que eu sei que viver é tão diferente
O nosso caso por acaso acabou
Quando você falou
Tão frio
Tão seco
Eu não te quero mais!
e nem por um segundo pensou em mim
pensou na gente!

segunda-feira, 19 de julho de 2010

carma

Eu nem sei se ainda espero algo de você,
Já fiz tantos planos
Tive tantos sonhos...
Que pouco a pouco foram se tornando utópicos
E hoje não sei se o gosto do teu beijo ainda me envolve.
Mas é que sinto saudade sua
É que ainda passo horas antes de dormir com o teu rosto “surgindo no teto do quarto”
Quando durmo, meu sonho é sempre o mesmo
Desde o dia que te conheci
Lembra que te contei?
Mas você me disse pra esquecer!
todos os dias insiste em surgir, sempre faz algo para que eu não te esqueça
Sempre tem uma ligação, uma mensagem, um recado...
Sempre tem o cheiro teu em alguma coisa minha.
Por quê?
Porque não consigo escolher quem eu devo ou não Amar?
E por que você não sai da minha vida pra sempre?
Nem que seja por um dia.
Um dia!
É o suficiente pra te esquecer.
Nunca!
Nem milhões de anos.
Nem depois de vidas renascidas com um único objetivo,
Um único carma
TE ESQUECER!

eu penso tanto em você!!!

Eu Amo Mais Você

Depois Dessa Ventania O Temporal

Fez Da Nossa Vida Um Mundo Desigual

Qual É A Tua? O Teu Segredo?

Diz Como Eu Vou Decifrar?


Minha Verdade É Absurda No Plural

Mas Pra Mim Honestamente Isso É Normal

Na Minha Onda, Teu Oceano

Me Ensina Como Navegar


Eu Amo Mais Você Do Que Eu

A Tardinha As Coisas Mudam Sem Parar

E A Gente Fala Muito Por Falar

Mas De repente, A Gente Sente

Que Tudo Sobrou Num Olhar


Penso Infinitamente Sem Parar

A Verdade é Transparente No Mirar

Da Tua Retina, Minha Menina

Me Diz Como Não Te Amar?


Eu Amo Mais Você Do Que Eu

Catedral


essa música fez parte de muitos momentos na minha vida...
e ela faz parte de um sonho ainda muito presente em minha vida!!!
Eu amo mais você do que eu!
ps: desculpa pela ausência, é que ando meio ocupada, ainda aprendendo a administrar meu novo horário.
beijos

quarta-feira, 14 de julho de 2010

aqueles olhos negros de rapina.

Tenho que dizer apenas que seus olhos negros,
tão intensos quanto o crepúsculo do alto de um monte,
 me fizeram pairar no espaço das minhas emoções.


"Ele não percebeu quando passei olhando, e fiquei ao seu lado, fitando cada movimento, seguindo suas mãos que batiam a caneta, marcando um compasso e anotando em seu caderno de musica. 
Mas agora eu já estava indo embora, e sem perceber estava paralisada em sua frente, olhando em seus olhos, olhou-me de cima a baixo, e parou o seu olhar no meu, como se pudesse ler meus pensamentos, finalmente consegui me desvencilhar, desci as escadas e no fim olhei...
Ele me seguia com o olhar"


Quem é ele?




segunda-feira, 12 de julho de 2010

entenda bem

Olhando cá dentro dos olhos eu posso ter a nítida visão da tua alma.
Entenda bem, deixo-te desatar os nós...
Uma única vez, portanto, faça-o bem devagar,
Não ultrapasse o tempo
Nem os desejos meus.
Tu que conhece bem meu coração
sabe o quanto temo este momento
e o quanto anseio por ele.
padeço por ainda ter atado ao copo este nó
mas desata-lo pode fazer desmoronar-me.


































"ainda que haja um divisor de rios
 minha alma estará sempre a correr para teus oceanos"



domingo, 11 de julho de 2010

teus olhos de vidro...

por que quando te vejo meu coração grita 
e minha boca emudece?

porque
 costumo
 ocupa-la
  com
 teus
 beijos....


Teus olhos de vidro penetram minha alma, corre pelos corredores do meu ser, como se já conhecesse cada espaço, modifica, tira meus objetos do lugar, esvazia meu corpo por completo, e colocar tua alma no meu interior, para que pense em ti, uma única vez, e eternamente.




Te amo
como o pássaro novo ama o calor do ninho
nas noites de inverno.



quinta-feira, 8 de julho de 2010

Eu sei que vou te AMAR...

Creio que minhas palavras se tornam nulas diante da beleza dessa canção
ela descreve o amor em todos os sentidos, é plena!



"Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida
Eu vou te amar
A cada despedida
Eu vou te amar
Desesperadamente
Eu sei que vou te amar..

E cada verso meu será
Prá te dizer
Que eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida...

Eu sei que vou chorar
A cada ausência tua eu vou chorar
Mas cada volta tua há de apagar
O que essa tua ausência me causou...

Eu sei que vou sofrer
A eterna desventura de viver
À espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida..."

terça-feira, 6 de julho de 2010

estranho neh

me vejo parada naquela ruazinha de vila olhando para o alto, pensando se sento ou não no banco de uma pequenas praça.
Melhor não e segui meu caminho, cinquenta metros depois ouço meu nome numa voz pouco conhecida. Não olhei, não parei, continuei no mesmo ritmo de passos, e novamente ouço aquela voz, com mais intensidade.
Então paro e olho para trás.
-Ana?
-Sim, sou eu! Erguendo a sobrancelha demonstrando que não sabia quem ele era.
-Não lembra de mim?
-Desculpe, mas infelizmente não
-Bruno, estudei com você  na sétima serie, bom uma parte dela, já que entrei no meio do ano
-Ah, claro, desculpe, nossa como você mudou!
(pra ser sincera eu não tinha idéia de quem era, mas...)
-aceita tomar um suco, assim pode falar mais de como esta, o que faz, tudo bem?
-Vamos sim
Entre conversas e historias finalmente lembrei quem ele era
Um menino desengonçado que sentava na ultima cadeira e não falava com ninguém, gostava de comer alho e eu sentia nosso dele por isso, cabelos sempre desarrumados, e uma mochila com um peso quase insuportável
Não resisti
-você ainda come alho? – espero que não, pensei quase que em voz alta!
-não, hoje eu não quero nem ver isso na minha frente
e eu pensei,nossa como ele é legal!


segunda-feira, 5 de julho de 2010

dança de lágrimas

"Hoje me sinto pálida
 como uma flor sem pétala
 a vida que vai com os ventos em leve valsa
dança minha alma em triste lágrima
você é minha alegria e tristeza contida num só momento"




domingo, 4 de julho de 2010

eu e companhia

Ela que sempre se sentiu só por não ter ninguem
Hoje se sente ainda mais só por encontrar alguem não sabe o que é amor, e se apaixonar, se entregar cegamente na esperança de ser correspondido todo o sentimento que deu a ele,
Como foi boba, acreditando que ao dar amor, receberia amor, que ao dar atenção receberia em troca a mesma atenção, mas quando ela mais se doava a ele, menos ela tinha dele, e de si.
Entregou tudo o que era nas mãos de quem não merecia, deixou seu sangue ser bombeado por um coração rígido e sem sentimentos, hoje se sente só por não ter nem a si mesmo para lhe fazer companhia.

sábado, 3 de julho de 2010

eu jurei ser incapaz de amar....

O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar.
 O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. 
O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar.
Carlos Drummond de andrade



















Me pergunto como um sentimento pode ser da medida ideal de cada um (ou não). Quando amamos, estamos apaixonados, ou com aquele "fogo" sem medidas por alguém, tudo se torna completo,um dia sem fazer nada, olhar o sol, sentir a chuva, cantar, até chorar e sofrer quando se ama é mais completo, as lágrimas lavam a alma, e a dor nos fortalece.
algumas vezes me senti vazia, oca, por acreditar que estava incapaz de amar.




terça-feira, 29 de junho de 2010

Tudo o que eu queria nessa manhã fria e cinzenta era ter o teu peito quente para encostar minha cabeça e dormir.


acordei com tanto frio e uma lembrança tão forte de nós dois, daquele dia que dormi na tua casa e você me acordou com um beijo e uma xícara de chocolate quente, como você é lindo pela manhã!, sua pele fresca de quem acabou de tomar banho, em sorriso branco, e o teu beijo com gosto de menta, os dedos leve que percorriam meu corpo.
como eu sinto falta de não fazer nada ao teu lado, tudo era tão perfeito
desde um dia de chuva a uma tarde de sol. 
até esse frio e sem sol, sem chuva sem cor, se tornaria um paraíso com você meu amor.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

nas noites é que te amo mais

Quando te encontrar
vou te abraçar forte e dormir nos teus braços.
Realizar tudo o que sonhei no tempo que ficamos separados.

ela acordou com um sorriso no rosto, daqueles de orelha a orelha, de quem esta apaixonada, sou com aquele sábado na beira do mar, em que seus lábio se uniram, mesmo depois de tantos desencontros, ela disse uma vez que ele era adorável, e ele a chamou como ela sempre quis ser chamada. com duas palavras arrancou dela o coração e desde esse dia toma conta dos seus mais doces sonhos de amor.
toda noite antes de dormir diz
"boa noite sonho meu"
 mesmo que a distancia em espaço seja grande, ela sabe que seu amor é tão forte que ele sempre responde.
"sonhe comigo"


terça-feira, 22 de junho de 2010

romper-se

Rompendo a timidez desajeitada
Leve aos beijos
Rendi-me as caricias e aos desejos
 Daquilo que me é impedido
O ser proibido
Alimentou mais a minha fome de tê-lo
De deixar-me ter
Aninhou suas mãos quentes nos meus seios
Apertando-os de ímpetos
Devorou minha boca e meus beijos
Com ânsia de gozo
Percorrendo meu corpo
Explorando os caminhos
Desvirginando-me em prazer

domingo, 20 de junho de 2010

guardo no peito esse amor por vocês.

"Vai chegar um dia que não irei mais aguentar a saudade, e ela transbordará pelos meus olhos. Pense que isso não são lágrimas de tristeza, mas também tampouco de alegria. É incrível como pude viver sem te ter por mais de semanas, sendo que hoje uns dias voltam a me sufocar. Saudade é uma dor inexplicável, parece que o tempo pára. E não há distração que o faça passar. Não sei o que faço com meus dias que parecessem ser tão compridos, nem como cessar os meus pensamentos quando a noite chega. É como estar sozinha, sem estar. É como se um vazio encontrasse meu peito e fizesse o doer intensamente até eu esquecer. Mas dão alguns poucos minutos e volta, até a próxima esquecida. Saudade é parecer que o mundo vai acabar, e de repente perceber que não é tão grave assim. Saudade é ser dramática aos montes e de repente se auto-confortar sabendo que logo vai passar, tão logo como irá sempre voltar."


Meyer


Sem explicação pra saudade que sinto, sinto falta da minha avó que verei no céu, dos meus amigos que um dia encontrarei (ou não), da minha mãe, do meu avô que logo vem me ver, das pessoas que via na rua e que nem sabia o nome, mas que o sorriso alegrava minhas idas e vindas, falta do meu quarto sem porta (mas queria com porta), falta da mesmice dos meus dias e ao mesmo tempo tão corridos e diferentes um do outro, falta das coisas que hoje não tenho, dos olhares compreensivos, falta de Castanhal, das pessoas de lá, da Suellem, Suene, Welber e tantos outros, falta da sorveteria da praça, falta de Ananindeua, falta do Adriano, Bya, Inês, Diloreno,Lorena, tanta gente que tinha que fazer uma "bíblia'' de nomes, Mas sabe, eu reclamo por que sou reclamona mesmo, mas sou feliz, sou feliz por que Deus me deu o privilegio de os conhecer, de amar a cada um, e de ser amada, A graça da vida é essa, as ondas que vem a vão, que traz e carrega de nós...
não posso controlar o tempo e as voltas que a vida dá, melhor mesmo viver cada momento.




Sinto saudade...
por que foi bom demais... 
a cada um...
...Te amo!!!

quinta-feira, 17 de junho de 2010

febril

As palavras todas calam diante da tua pele sadia
Do teu olhar que penetra minha alma
Meu corpo flui o desejo pelo teu
Entrelaçando o pecado e o amor
Tocando-me deliberadamente
Fazendo-me sentir calafrios
Teu corpo junto ao meu
Tua boca aninhando-se na flor do meu desejo
Abro-me diante de ti jorrando o néctar do deleite
Regando seu corpo com meu prazer


Camila Ingrid

terça-feira, 15 de junho de 2010

o amor

Que  o amor seja sempre assim
sem fim...
Te amo
mesmo que eu ainda nem conheça o tom da sua voz
mesmo que eu ainda não tenha tocado sua face
mesmo que os sinos não tenham tocado sete badalas por que ainda não tenha sentido o gosto do seu beijo...

segunda-feira, 14 de junho de 2010

sentimento meu



Ando tão à flor da pele





Qualquer beijo de novela







Me faz chorar



Ando tão à flor da pele



Que teu olhar "flor na janela"



Me faz morrer



Ando tão à flor da pele



Meu desejo se confunde





Com a vontade de não ser



Ando tão à flor da pele



Que a minha pele



Tem o fogo



Do juízo final...

Zeca Baleiro



A dor é a mais companheira dos sentimentos



A dor é tão companheira
Não me deixa um segundo sequer 
e se me deixasse hoje
nem saberia o que fazer com essa ausência 

O amor por ser amor
esse sentimento que de tão maravilhoso
e por ser amor sempre me faz chorar...

Camila Ingrid


quinta-feira, 10 de junho de 2010

só eu sei

Eu que carrego no peito esse amor
trago com ele toda a dor
Então não me diz que estou errada
Que tudo não passou de ilusão
Pois eu e somente eu
Sei o que sofrer meu coração....

segunda-feira, 7 de junho de 2010

e então serás eterno

Cântico VI 

Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acaba todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo o dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.

E então serás eterno.

             
                                       Cecília Meireles

























quinta-feira, 3 de junho de 2010

sonhei...

Ontem eu acordei no meio da noite com falta de ar
Sentei na cama tentando colocar as idéias no seu devido lugar
Fui até a cozinha, tomei um copo de água
Estava voltando pra cama quando olhei a chave na porta da cozinha...
Resolvi sair pra olhar o céu
Que estava surpreendentemente lindo
Fui ate o meio do quintal e deitei no gramado
E dormi contando estrelas...
...e sonhei que estava nos teus braços.

terça-feira, 1 de junho de 2010

mesmo em pedaços o amor é eterno.


Nem sei o que dizer do que se partiu no meu peito e mesmo que eu não encontre os cacos que você deixou jogados no chão da cozinha, eu ainda terei forças pra amar, pra TE AMAR.
Por que o que sinto por você não tem fim depois de um fim de semana na praia
Ou de longas férias fora do pais,
 O que sinto por você não tem fim nem depois de dizer sim pra outro no altar,
E nem depois de ter filhos
 E de ver minhas mãos envelhecerem,
Por que o sinto por você não fim
nem depois de adormecer sob sete palmos de terra.

domingo, 30 de maio de 2010

E como a lua estava linda ontem...



Era simplesmente perfeito,aquele momento, a lua, daquelas que aparecem em filme nas declarações de amor, sentia o vento batendo no meu rosto, a água de encontro as muretas, abraçada com ele. Fechei os olhos e até pude sentir o frescor do vento no meu corpo, movendo minha saia azul e meus cabelos, pude naquela hora sentir o doce e profundo gosto dos seus beijos.
Sua voz ao meu ouvido dizendo palavras doces, mesmo que eu tenha a impressão de já ter ouvido aquilo em alguma letra de musica, era a coisa mais linda que alguém poderia me dizer naquele momento...
Fechei os olhos com toda a minha força para que aquela momento  não escapasse da mente, mas como mágica tudo "ficou vazio" e como senti vontade de estar na Estação das Docas, de olhar a lua ao seu lado, num lugar que eu conhecia bem e que alimentava minhas sensações mais intimas.
Abri os olhos lentamente...
Foi quando olhei ainda pela janela do ônibus enquanto voltava do centro da cidade, meus olhos brilharam, de um salto no banco e me curvei para ver ainda melhor.
A lua na sua infinita graça e beleza, iluminando as noites dos enamorados, iluminando minha noite apaixonada por uma lembrança, por um sonho, por alguém que ainda nem sei se é real, mas que faz parte dos meus dias, que move a roda da minha vida com tamanha intensidade, que faz meu coração pulsa livre por saber que um dia hei de encontrá-lo.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Nua de você.

Eu não peço sua ajuda, não peço suas mãos frias pra me ajudar a levantar
Eu sei andar, por mais que eu me perca entre os carros
E corra sem direção...
Eu sei pra onde estou indo
Não preciso da sua companhia estranha
Nem da sua voz rouca
Eu me viro melhor sozinha
Porque assim eu posso roer os ossos dos meus traumas sem culpa
Posso sentar no meio fio das minhas ilusões e chorar pelas vezes que te dei o meu amor
Assim me graça
Assim sem medo
Mas agora eu prefiro seguir
Profiro tirar minhas roupas sujas pelo suor do teu corpo
E seguir meu caminho Nua.
Mesmo que assim
Eu venha a revelar as manchas
As cicatrizes
Os defeitos que carrego marcado no corpo
Prefiro me despir de toda mentira que fomos
A andar sem as roupas velhas de um pierrot
Sujas e maltrapilhas...
Prefiro morrer numa valeta de desilusões
Á sonhar com o amor que não volta.